A importância da concorrência

Constantemente encontramos empreendedores preocupados em analisar o nicho em que atuam, porém vários infelizmente pecam por não possuírem um bom conhecimento sobre segmento em que trabalham, e nem sobre a situação da sua própria empresa.

Estes fatores pode prejudicar na conclusão final destes estudos, por isso sempre considero que é essencial um profundo conhecimento sobre a situação da empresa, assim como do segmento de atuação.

De forma geral um empreendedor que resolve fazer um estudo do mercado é porque quer também fazer comparações sobre a sua empresa, qual é a posição dela no segmento ou mercado de atuação, porém para isso é preciso ser criterioso, ter muitas informações a respeito do seu negócio, como foi dito a pouco, e dos seus concorrentes.

Quando converso com algum empreendedor percebo que para muitos faltam informações sobre a própria empresa, e o que escuto quase sempre nas perguntas que faço são EU ACHO QUE… , empreendedores nunca podem falar EU ACHO, têm a obrigação de TER CERTEZA sobre tudo o que acontece em seu negócio, principalmente se tratando de uma pequena empresa, que em geral são muito dependentes de seus donos.

Vamos considerar que um empreendedor já conheça muito bem o seu estabelecimento, agora é hora de analisar os concorrentes, e dependendo do que cada empresário pensa dos seus concorrentes esta pesquisa poderá não sair das melhores.

Inicialmente é necessário compreender que concorrentes não são inimigos, todos podem aprender com eles, e além de aprender com seus acertos também podemos observar seus erros.

Quando for analisar um concorrente não observe só no que ele se parece com a sua empresa, faça uma análise fria, com calma, repare também os clientes que frequentam cada concorrente que você visitar.

Feitos estes estudos faça uma comparação entre a sua empresa e as empresas concorrentes, crie uma tabela e descreva os pontos fortes e os pontos fracos de todas as empresas envolvidas nesta análise, inclusive a sua.

É aconselhável que você responda a estas questões:

• Sua empresa pode competir com os seus concorrentes? Em caso afirmativo, descreva por quais motivos. Se caso sua resposta for não, descreva o que fazer para concorrer com as empresas que participaram do estudo.

• O que fazer para que os clientes das empresas concorrentes comprem também na sua empresa?

• Há espaço no mercado para todas as empresas, incluindo a sua?

Estas questões, se respondidas de forma totalmente imparcial, poderão ser muito importantes para atingir novas conquistas e metas.